Considerando a estrutura curricular adotada na Universidade de Brasília, os conteúdos definidos pelas Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Estatística de graduação plena (Resolução CNE/CES 8/2008) foram organizados em dois módulos: integrante e livre. 

O primeiro módulo é composto por três conjuntos de disciplinas: obrigatórias, obrigatórias seletivas e optativas. O segundo compreende as outras disciplinas de livre escolha do estudante, as atividades complementares e as de extensão.

As componentes curriculares do Núcleo de Conhecimentos Fundamentais são abordadas pelo conjunto de disciplinasobrigatórias. As disciplinas obrigatórias seletivas e as optativas contemplam as componentes do Núcleo de Conhecimentos Específicos. 

As disciplinas optativas do módulo integrante e livre oferecem ao estudante uma formação horizontal entre as várias áreas do conhecimento. Além das disciplinas regulares de Graduação, o currículo estimula a participação dos estudantes em atividades complementares que contemplam participação em atividades de pesquisa, ensino e extensão, em eventos (encontros estudantis e profissionais, congressos e reuniões científicas), o exercício da monitoria e os estágios extracurriculares.

Componentes Curriculares Integrantes 

O total necessário para a conclusão do Bacharelado em Estatística da UnB é de 200 créditos, dos quais 124 são obrigatórios,16 créditos são na cadeia de seletividade; e os 60 créditos restantes são optativos.

Se um estudante cursar com aprovação mais de 16 créditos da cadeia de seletividade, o excedente será integralizado como crédito optativo.

Dos 60 créditos optativos, a critério do estudante, até 30 poderão ser integralizados por meio de atividades complementares, dos quais 24 podem ser de disciplinas de módulo livre e 8 créditos de atividades de extensão.

Distribuição do número de créditos para a integralização curricular 

Créditos por período total e tempo de permanência

   Mínimo Recomendado Máximo 
Créditos por Período 14 créditos 20 a 26 créditos 28 créditos 
Total de Créditos do Curso 200 créditos  200 créditos 200 créditos 
Tempo de Permanência 8 semestres 8 semestres 16 semestres

 

Atividades Complementares - Concepção e composição das Atividades Complementares

  As Atividades Complementares estão divididas em quatro grupos que consideram a participação do estudante de Estatística:

 -   ouvinte em seminários, conferências, palestras, oficinas, apresentações de projetos de TCC 2;

-   ensino, auxiliando o professor na elaboração de material didático ou outras tarefas designadas pelo professor interessado;

-   pesquisas sob orientação de docentes do EST, publicações de resumos em anais de congressos, revistas ou jornais científicos, e bolsa de iniciação científica;

-   outras atividades como o auxílio na organização de eventos e no desenvolvimento de estágios extracurriculares sob supervisão da Coordenação do EST.

 As atividades de monitoria recebem crédito automático pela UnB. Apenas atividades não cadastradas no sistema e comprovadas por docente podem ser solicitadas como atividades complementares.

O limite de créditos correspondentes às atividades complementares para a integralização curricular é de 16 créditos. As atividades e seus respectivos créditos são apresentados no Quadro abaixo.

  

Número de créditos por atividade e o máximo integralizável por atividade

 

   Código

Atividades

Crédito (por atividade)

Máximo do Curso

11

Conferências, Oficinas, Palestras, Seminários, TCC2 (EST) e Workshops.

Até 1 (proporcional à quantidade de horas.

3

12

Encontros profissionais e estudantis

0,25

1

13

Congressos e reuniões  científicas, sem apresentação de trabalho

2

4

14

Congressos e reuniões científicas, com apresentação de trabalho (excluso PIBIC)

4

8

15

Cursos e minicursos

1

4

21

Trabalho sob orientação de docente (elaboração de material didático, participação em programa de tutoria e bolsa reuni)

Até 2, de acordo com avaliação do orientador e apresentação de relatório.

4

22

Programa PET

Até 6, de acordo com a avaliação do orientador e apresentação de relatório

12

31

PIBIC, PIBID, PIBEX e outros programas oficiais de iniciação científica

Até 6, de acordo com a avaliação do orientador e apresentação de relatório

12

32

Outros projetos sob orientação docente

Até 2, de acordo com avaliação do orientador e apresentação de relatório.

4

33

Publicação de resumos em Anais de Congressos

1

4

34

Publicação em revistas ou jornais científicos

3

6

41

Auxílio na organização de eventos (encontros estudantis, profissionais, divulgação do curso, semana de extensão)

0,5

2

42

Estágios extracurriculares

Até 1, condicionado a avaliação de relatório

6

 

A Ficha de Acompanhamento e Avaliação de Atividades Complementares deve ser preenchida conforme o quadro acima e diretrizes informadas ao fim do documento. Essa ficha será aberta assim que o estudante iniciar alguma atividade complementar e será encerrada ao final do último semestre do curso para a integralização do total de créditos do curso. Para baixar a ficha, basta seguir, no Portal do Discente, o caminho [Menu] Documentos > [Opção] Formulários > Atividades Complementares: Ficha de Acompanhamento e Avaliação.

 A seguir, apresentamos uma breve descrição de cada grupo de atividade complementar.

Grupo de Atividade Complementar 1

 Essas atividades têm por objetivo estimular a participação dos estudantes em eventos acadêmicos (seminários, palestras, apresentações de trabalhos finais de colegas, etc).

 Para as atividades deste grupo, o documento comprobatório é a lista de presença nos eventos realizados no EST, um atestado emitido pelos organizadores dos mesmos ou a cópia do certificado de participação. A Comissão de Graduação avaliará se os eventos em que os estudantes participaram são pertinentes ao curso.

 Grupo de Atividade Complementar 2

 O auxílio na elaboração de material didático e as outras tarefas designadas por um professor não têm vínculo com as disciplinas de graduação. Entre as possíveis atividades, o EST poderá considerar:

 -  elaboração de material didático (exercícios, tutoriais, roteiros de aulas de laboratório, entre outros);

-  auxílio na compilação de livros;

-  auxílio no desenvolvimento de ferramentas de ensino-aprendizagem-avaliação via ambiente Moodle;

-  atendimento a alunos de curso de especialização do EST.

 Para a atividade de elaboração de material didático, o documento comprobatório é uma declaração do professor responsável que contenha as seguintes informações: nome e matrícula do estudante, tipo de atividade, material desenvolvido, período e o número total de horas na atividade.

 O Programa de Ensino Tutorial (PET) foi implantado pela CAPES em 1979 com o objetivo principal de melhorar a qualidade do ensino de graduação oferecendo uma formação acadêmica de excelente nível. Este é um programa de caráter tutorial formado por um grupo composto de um tutor e doze bolsistas. Os alunos/ bolsistas do PET têm a possibilidade de se preparar para o exercício profissional de forma crítica, ética e consciente por meio do trabalho em grupo. A participação na atividade 22 (PET) é atestada pelo Decanato de Ensino de Graduação (DEG).

 Grupo de Atividade Complementar 3

 Este grupo de atividades tem como objetivo incentivar a pesquisa, sendo uma forma de integrar a Graduação e a Pós-Graduação.

 O Programa de Iniciação Científica (PIC-UnB)[1] tem como objetivo despertar a vocação científica e incentivar novos talentos potenciais entre estudantes de graduação, mediante sua participação em projetos de pesquisa, preparando-os para o ingresso na pós-graduação. Como uma alternativa ao PIC-UnB como bolsista, o estudante também pode se inscrever em um programa voluntário, seguindo rigorosamente os moldes do programa remunerado. Em ambas as situações o estudante será registrado na atividade 31 da Ficha de Acompanhamento e Avaliação de Atividades Complementares (Figura 1).

 Outros projetos sob orientação docente (32) não exige um processo de seleção tão rigoroso quanto ao que é estabelecido para o PIC-UnB. O aluno, porém, deverá apresentar à Comissão de Graduação o relatório final de trabalho nos padrões do PIC-UnB[2]. O lançamento dos créditos correspondentes dependerá do professor-orientador que avaliará se o trabalho desenvolvido foi satisfatório ou não. As atividades de publicações (33 e 34) podem ser comprovadas a partir de cópias (impressas em papel ou eletronicamente) das publicações.

 A atividade de bolsas de iniciação científica (31) é comprovada pelo Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP), que é o órgão responsável pelo PIC-UnB.

Grupo de Atividade Complementar 4

 Neste grupo foram reunidas as outras atividades que compõem as atividades complementares: a organização de eventos (por exemplo, a comemoração da semana do estatístico, o encontro nacional dos estudantes de estatística) e a realização de estágios extracurriculares (não obrigatórios). 

Para a atividade de organização de eventos, o documento comprobatório é uma cópia (impressa em papel ou eletronicamente) da apresentação do evento com o nome do aluno presente na lista do grupo organizador. A Comissão de Graduação avaliará se os eventos em que os estudantes participaram são pertinentes ao curso. 

Os alunos do EST podem participar de estágios extracurriculares junto a empresas ou instituições, públicas ou privadas, dentro ou fora da Universidade. Porém a Comissão de Graduação apenas autorizará estágios que procurem desenvolver as habilidades relacionadas à área de estatística. Esse estágio deve servir como instrumento para o desenvolvimento das competências e habilidades de um profissional de estatística. É uma forma de integrar a teoria e a prática, e o contato com profissionais de outras áreas o faz uma experiência interdisciplinar. 

O estudante regularmente matriculado no Curso de Graduação de Estatística da UnB somente deveria realizar estágios extracurriculares a partir do segundo semestre do curso, após aprovação nas disciplinas Estatística Exploratória, Cálculo 1, Introdução à Probabilidade e Computação em Estatística 1 visto que contemplam os conhecimentos mínimos para o exercício de estágio na área de Estatística. O estágio é avaliado pelo período de 6 meses, pela Comissão de Graduação, através do relatório de estágio. 

Além das regras descritas, a Comissão de Graduação recomenda: 

-  o estudante que estagiar deve estar matriculado no número mínimo de créditos do seu curso, pelo menos, para que o andamento do curso não seja prejudicado;

-  o estudante em condição, risco de desligamento e em processo de reintegração não devem estagiar.

-  o estudante que estagiar deve ter IRA igual ou superior a 2,5. Nas renovações e mudanças  recomenda-se observar o rendimento do aluno. A primeira renovação ou mudança poderá ser feita se o aluno mantiver o IRA igual ou superior a 2,5. A segunda e terceira renovações ou mudanças poderão ser feitas se o aluno tiver IRA igual ou superior a 2,75. As demais renovações ou mudanças poderão ser feitas se o aluno tiver IRA igual ou superior a 3.

-  a jornada semanal deve ser de 20 horas.     

Para que os créditos correspondentes sejam lançados na Ficha de Acompanhamento e Avaliação como Atividade Complementar, ao final do semestre, o aluno deverá entregar um relatório de Atividades autenticado pelo profissional responsável e uma cópia do termo de compromisso de estágio (ou documento equivalente). 

Importante: serão atribuídos créditos de atividades complementares somente se o aluno não recebeu crédito através de outro meio na UnB. A UnB atribui automaticamente dois créditos por semestre de monitoria concluído. 

  

DIRETRIZES PARA SOLICITAÇÃO (DA COORDENAÇÃO)

A Coordenação do Bacharelado em Estatística da Universidade de Brasília recomenda aos seus alunos a seguinte sequência de procedimentos para o computo de créditos em atividades complementares:
-  O pedido de computo de créditos em Atividades Complementares deve ser realizado, uma única vez, durante o penúltimo semestre do estudante no curso. Por penúltimo semestre, entende-se que o discente provavelmente estará cursando TCC 1 e defenderá TCC2 no semestre seguinte.
-  O aluno deve entregar à secretaria do departamento, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., a Ficha de Acompanhamento e Avaliação e os documentos comprobatórios das atividades pleiteadas.

- A Ficha de Acompanhamento e Avaliação deve ser anexada em um documento digital (.PDF) individual. Os demais documentos devem ser compilados em um único arquivo (.PDF). Ou seja, o aluno deverá encaminhar dois documentos digitais (.PDF) no mesmo e-mail.
-  Para cada atividade, o aluno deve preencher os campos Período, Código da Atividade, Breve Descrição das Atividades, Carga Horária e indicar a quantidade de créditos correspondentes, no campo Créditos.
-  A coluna Campo reservado ao coordenador é de exclusividade do Coordenador de Graduação. Neste campo ele irá ratificar, ou não, a indicação do aluno.
-  O aluno deve, também, preencher a data de emissão do documento e dar seu visto nos campos correspondentes (parte final do documento).
-  A Data de Encerramento e o Visto do Coordenador são, também, campos exclusivos do Coordenador da Graduação.

Oferta e Fluxo